Inaugural!

Escrever sempre me foi um tabu. Eu amava, mas ao mesmo tempo, sempre achava que era péssimo o meu jeito de escrever, hora e meia tinha bloqueios ao montar um texto, e maior ainda era a dificuldade em compartilhá-los com pessoas próximas. Tentei vários blogs, de memórias, de fotos, e até um comunitário de poesia com um pseudônimo. Eu sempre parei no tempo, mas meus óculos nunca saíram de cima do meu nariz. Observo e traduzo o mundo, sem escape algum da rotina pra me esvaziar um pouco… eu quase enlouqueci! Agora resolvi traduzir uma vida de muitas vias através  de fotografias, cultura, arte, praticidades… um local no qual eu possa colocar o que é bom, e abrir espaço pra mais, e depois de viver um pouco dessa loucura, deixá-las sair dos meus ombros, mas não da minha vida. Não é meninice, porque eu sempre vivi na molecagem. Não considero futilidade, pois compartilhar uma vida é necessário. Não é sustentável, não é doce, mas é do jeito que eu posso fazer, do jeito que minhas mãos conseguem tocar esse mundão.

Não tá fácil pra ninguém, pra quem quiser apertar a tecla SAP do cotidiano, taí o Dificionário pra gente tentar! Nem um catálogo, nem monetário, nem revista, nem manual, nem tão criativo assim, mas um espaço pra acolher e ser acolhida. Sejam tod@s bem vind@s!!

Este domínio foi uma parceria de amizade com a Aime, ou melhor, Klaryan, do blog www.klaryan.com, que num ato de encorajamento, ficou me convencendo a recomeçar a blogar, antes tarde do que nunca! Obrigada, amiga! <3